Arquivo da tag: Verdades

Amor e mito.

O que é o amor? O que é amar? As respostas que ouço são sempre tão típicas que pensei ser de muito bom grado fazer uma reflexão mais profunda. Há tempos tentei exprimir minha concepção de amor e hoje me … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | 7 Comentários

Perdão.

s. m. 1. Remissão de culpa, dívida ou pena. = desculpa 2. Absolvição, indulto. 3. Benevolência, indulgência. interj. 4. Fórmula que exprime um pedido de desculpas. Parece simples, mas será que é apenas isso? Durante toda a minha vida, o mundo me mostrou uma idéia de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 2 Comentários

Maturidade.

Ontem a aula de Desenvolvimento Humano convidou-me a reflexionar sobre pontos importantes… Falávamos sobre maturidade, mas não a maturidade do ponto de vista do senso comum, e sim do ponto de vista da Psicologia, do ciclo vital. Quantas situações ilustradas … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , | 2 Comentários

Seja par.

E quando pensar em roubar alguém de outro alguém, certifique-se primeiro de que será capaz de fazê-lo mais feliz, ao menos. Por que nisso haverá sempre um coração que sangra, e já basta; dois é demais e três é ignorância. … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com | 4 Comentários

A plenos pulmões.

Já disse Clarice Lispector: “Porque há o direito ao grito, então eu grito!”. Cansei! Cheguei ao ápice da minha cólera! Não consigo mais fingir que não vejo toda essa inconveniência, esse enorme avesso que as pessoas insistem em chamar de … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , | 5 Comentários

Carência.

s. f. 1. Falta do preciso. 2. Necessidade. 3. Privação. De deitar no colo; de dar colo; de ser o colo. De ser cuidada; de cuidar; mimar. Do abraço; dos braços; abraçar. Da troca de olhares; dos olhos; do olhar. … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , | 3 Comentários

Obra não-prima.

Tentando esconder os pequenos defeitos, tentando camuflar as pequenas falhas, sempre a cada amanhecer, antes de sair de casa. E hoje, só hoje, me dei conta de que não sou perfeita, não vou ser perfeita, tampouco. Eu nem quero ser … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | Marcado com , | 2 Comentários