Desate os nãos dos nós.

Tanta sinceridade redigida, junta e sobreposta. Tantas verdades e sentimentos reais dissertados, narrados, rimados.
Tanto cuidado para não afiar demais as palavras, para não ferir. Tanto esforço para que toquem um coração com serenidade…
E o golpeio, sem saber. O golpeio de tão longe, sem querer; estabanada que sou.
Ah, coração, te quero tanto bem! Nem posso te alcançar, como posso te ferir?
Palavras são meu único jeito de te dizer e te sentir. Como posso te atingir?
São os únicos bens que posso partilhar. Como poderia mentir?
Coração, na distância, a palavra é a maior menção. Nem ao menos pode me ver, como pode saber do que não digo? E do que digo, não te minto.
Mais que belas, as palavras são sinceras. Elas são os únicos atos.
O que resta, desato.
Desate.

…………………………………………………………………………………………………………………………………

Atos valem mais que palavras apenas quando se pode agir. No mais, as palavras (ou o silêncio) os substituem – Já faz tempo que só tenho essa opção.
Fiz das minhas palavras os meus atos, desde então.
O que resta é muito vago para anular o valor de palavras sinceras. Não acha?
Não te apegue tão somente ao erro. Só erra quem tenta acertar.
Desate os nãos.

Meu próximo post era pra ser um texto que ainda nem nasceu, mas acabou sendo este, por força da circunstância.
Voltarei quando a inspiração voltar.

.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Desate os nãos dos nós.

  1. Vanessa Cony disse:

    Aline,sabe o que penso ?Não devemos nos privar dos nossos próprios sentimentos.Senti-los é um privilégio!Creio que atos são realmente importantes,talvez até mais do que as palavras,mas estas tem o seu valor e quando sinceras possuem valor inestimável.São nossas,verdadeiras,pura expressão dos nossos sentimentos.Por isso ,não se iniba e nem se deixe inibir.Viva a liberdade!!!
    Quanto aos que não estão preparados para ouvir…Lamentamos.Ouvir,ler,sentir nos prepara para viver a vida.

  2. Fernando disse:

    A chave do amor bem amado é a harmonia entre o coração e a mente. É um ser sincero com o outro e juntos construirem uma realidade firme e decente. Senão fica assim mesmo, uma briga eterna pelo mesmo e confuso objetivo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s